TRF-3 instala nova vara no juizado especial federal de São Paulo

13/12/2010

O presidente do Tribunal Regional Federal da 3ª Região, desembargador federal Roberto Haddad, a coordenadora dos Juizados Especiais Federais da Terceira Região, desembargadora federal Therezinha Cazerta, e o diretor do Foro da Seção Judiciária do Estado de São Paulo, juiz federal Carlos Loverra, inauguram no próximo dia 15 de dezembro a 13ª Vara Gabinete do Juizado Especial Federal Cível, no município de São Paulo.

A nova vara terá competência para julgar matéria previdenciária, tributária, de servidor público e outras ações cujo valor não ultrapasse 60 salários mínimos.

Além do município de São Paulo, sua jurisdição abrange as cidades de Aparecida, Arapeí, Areias, Atibaia, Bananal, Bragança Paulista, Caçapava, CachoeiraPaulista, Campos do Jordão, Canas, Cotia, Cruzeiro, Cunha, Embu, Embu-guaçu, Guaratinguetá, Guarulhos, Itapecerica da Serra, Jambeiro, Juquitiba, Lagoinha, Lavrinhas, Lorena, Mairiporã, Pindamonhangaba, Piquete, Potim, Queluz ,Roseira, Santo Antônio do Pinhal, São Bento do Sapucaí, São Lourenço da Serra, São José do Barreiro, Silveiras, Taboão da Serra,Taubaté,Tremembé,Vargem Grande Paulista.

A solenidade acontece às 17 horas, na Avenida Paulista, nº 1345, em São Paulo.

Fonte: Tribunal Regional Federal da 3ª Região



Mais Notícias em AASP



  • Pinheiro: Luciano Genésio não está inelegível, decide TRE

    Luciano Genésio pelo simples fato dele compor uma chapa majoritária, sem se perquirir a sua responsabilidade, de modo individualizado, para o cometimento do ilícito eleitoral. Neste caso, Guerreiro Júnior verificou que em nenhum momento foi imputada a participação ou contribuição

  • Advogados podem obter cópia de representação contra parlamentar

    apresentação da defesa escrita, com abertura de prazo para manifestação”. Cerceamento à defesa A defesa de André Vargas alegou, no pedido de liminar, que o presidente da Câmara dos Deputados, deputado Henrique Alves, o presidente do Conselho de Ética e

  • Ex-desembargadora do TJDFT será a nova Corregedora Nacional do CNJ

    Justiça - CNJ.A indicação daministrajá foiaprovada pelo Senado Federal, na sessãodo dia 16/7, e a posse deve ocorrer no inicio de setembro. A notícia está sendo festejada pelos magistrados do TJDFT e da Justiça Estadual, uma vez que a ministra

Comentários estão encerrados.

Previous post:

Next post: