STJ elege novos membros do TSE e do CJF

24/12/2012

O Superior Tribunal de Justiça elegeu, nesta quarta-feira (12/12), o ministro Arnaldo Esteves Lima para a vaga de ministro substituto do Tribunal Superior Eleitoral. O ministro assumirá a vaga deixada pelo ministro Teori Albino Zavascki, que tomou posse no Supremo Tribunal Federal no dia 29 de novembro. A eleição se deu por aclamação.

A composição do TSE é determinada pelo artigo 119 da Constituição Federal. O tribunal é composto por sete magistrados, dos quais dois são oriundos do STJ.

Na mesma ocasião, o Pleno elegeu os ministros Arnaldo Esteves Lima, Maria Thereza de Assis Moura e Herman Benjamin como membros efetivo e suplentes, respectivamente, do Conselho da Justiça Federal, órgão que supervisiona a Justiça Federal de primeira e segunda instância nos aspectos orçamentário e administrativo.

A eleição se deu em razão da ida do ministro Teori Zavascki para o STF e da aposentadoria do ministro Massami Uyeda, que completou 70 anos no último dia 22 de novembro e se aposentou compulsoriamente.

O CJF tem em sua composição cinco ministros do STJ: o presidente, ministro Felix Fischer, o vice, ministro Gilson Dipp (afastado por problemas de saúde), e outros três membros efetivos, sendo um destes o corregedor-geral da Justiça Federal (atualmente, o ministro João Otávio de Noronha). Há ainda três suplentes.

Fonte: Superior Tribunal de Justiça



Mais Notícias em Conselho Federal da Justiça Federal



Comentários estão encerrados.

STJ elege novos membros do TSE e do CJF

13/12/2012

O Superior Tribunal de Justiça elegeu, nesta quarta-feira (12/12), o ministro Arnaldo Esteves Lima para a vaga de ministro substituto do Tribunal Superior Eleitoral. O ministro assumirá a vaga deixada pelo ministro Teori Albino Zavascki, que tomou posse no Supremo Tribunal Federal no dia 29 de novembro. A eleição se deu por aclamação.

A composição do TSE é determinada pelo artigo 119 da Constituição Federal. O tribunal é composto por sete magistrados, dos quais dois são oriundos do STJ.

Na mesma ocasião, o Pleno elegeu os ministros Arnaldo Esteves Lima, Maria Thereza de Assis Moura e Herman Benjamin como membros efetivo e suplentes, respectivamente, do Conselho da Justiça Federal, órgão que supervisiona a Justiça Federal de primeira e segunda instância nos aspectos orçamentário e administrativo.

A eleição se deu em razão da ida do ministro Teori Zavascki para o STF e da aposentadoria do ministro Massami Uyeda, que completou 70 anos no último dia 22 de novembro e se aposentou compulsoriamente.

O CJF tem em sua composição cinco ministros do STJ: o presidente, ministro Felix Fischer, o vice, ministro Gilson Dipp (afastado por problemas de saúde), e outros três membros efetivos, sendo um destes o corregedor-geral da Justiça Federal (atualmente, o ministro João Otávio de Noronha). Há ainda três suplentes.

Fonte: Superior Tribunal de Justiça



Mais Notícias em Conselho Federal da Justiça Federal



  • OAB Araucária marca presença no evento de abertura da Semana Nacional de Execução Trabalhista

    O presidente da OAB Araucária, Ricardo Alberto Escher, participou na segunda-feira (22) da 4ª Semana Nacional de Execução Trabalhista, instituída pelo Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT). Um café da manhã com magistrados, servidores e advogados promovido pelo

  • JQ sobre polícia está disponível na web

    programa, enviando opiniões para o e-mail justicaemquestao@tjmg.jus.br.   Grade de exibição   TV Justiça 7 (Net) ou 6 (OiTV) Estreia: domingo, 16h Reapresentações: segunda-feira, 7h sábado, 8h30   Assessoria de Comunicação Institucional - Ascom TJMG Unidade Previminas

  • TRE-DF faz reunião preparatória com Ministério Público

    esclareceu que a votação poderá levar mais tempo do que o habitual, por causa da biometria. “A urna eletrônica é segura, rápida e facilita a apuração dos votos, mas caso as impressões digitais do eleitor não sejam lidas, ele terá

  • OAB-GO faz ação no Terminal Cruzeiro para divulgar Cartilha Eleições Limpas

    e o hotsite www.eleicoeslimpas.com.br por meio dos quais o eleitor pode tirar dúvidas básicas ou denunciar anonimamente atitudes ilícitas supostamente praticadas por candidatos de todo o Estado. As informações recebidas pela OAB-GO serão encaminhadas às autoridades competentes para fiscalização: Tribunal Regional Eleitoral

  • Segunda via do título eleitoral pode ser solicitada até quinta (25)

    Tribunal Regional Eleitoral de Roraima (TRE-RR), Hermenegildo D’Ávila, o título de eleitor é importante para que o cidadão saiba qual é a sua seção eleitoral e o local de votação. “Além disso, o eleitor que não puder comparecer à sua

Comentários estão encerrados.

Previous post:

Next post: