STJ elege novos membros do TSE e do CJF

24/12/2012

O Superior Tribunal de Justiça elegeu, nesta quarta-feira (12/12), o ministro Arnaldo Esteves Lima para a vaga de ministro substituto do Tribunal Superior Eleitoral. O ministro assumirá a vaga deixada pelo ministro Teori Albino Zavascki, que tomou posse no Supremo Tribunal Federal no dia 29 de novembro. A eleição se deu por aclamação.

A composição do TSE é determinada pelo artigo 119 da Constituição Federal. O tribunal é composto por sete magistrados, dos quais dois são oriundos do STJ.

Na mesma ocasião, o Pleno elegeu os ministros Arnaldo Esteves Lima, Maria Thereza de Assis Moura e Herman Benjamin como membros efetivo e suplentes, respectivamente, do Conselho da Justiça Federal, órgão que supervisiona a Justiça Federal de primeira e segunda instância nos aspectos orçamentário e administrativo.

A eleição se deu em razão da ida do ministro Teori Zavascki para o STF e da aposentadoria do ministro Massami Uyeda, que completou 70 anos no último dia 22 de novembro e se aposentou compulsoriamente.

O CJF tem em sua composição cinco ministros do STJ: o presidente, ministro Felix Fischer, o vice, ministro Gilson Dipp (afastado por problemas de saúde), e outros três membros efetivos, sendo um destes o corregedor-geral da Justiça Federal (atualmente, o ministro João Otávio de Noronha). Há ainda três suplentes.

Fonte: Superior Tribunal de Justiça



Mais Notícias em Conselho Federal da Justiça Federal



  • Liberadas três candidaturas, mas Feijó continua impedido

    tentou reverter o indeferimento da candidatura à reeleição, mas o recurso foi rejeitado. A candidatura foi negada por improbidade administrativa, pela suposta ligação dele ao esquema de venda de ambulâncias conhecido por "escândalo dos sanguessugas". Feijó ainda pode recorrer ao

  • Comissão do Idoso promove campanha no Fórum Clóvis Beviláqua

    dos processos judiciais que tem a pessoa idosa como requerente. A blitz aconteceu no estacionamento da OAB-CE no Fórum Clóvis Beviláqua. De acordo com a presidente da Comissão, Ana Lúcia Gondim, é importante que os magistrados tenham essa prioridade no

  • Roberto Barroso toma posse como ministro substituto no TSE

    e vou me juntar a pessoas a quem quero bem e admiro”, disse o ministro Luís Roberto Barroso, ao final da solenidade de sua posse. Segundo ele, o Brasil vive 25 anos de estabilidade institucional e parte dela se deve

  • Autoridades comentam posse de novos corregedor-geral eleitoral e ministra titular

    relevantes serviços à Justiça Eleitoral e à cidadania do povo brasileiro. Maria Thereza hoje se integra à ministra Luciana Lóssio e, com certeza, as duas mulheres ministras desse Tribunal, ao lado dos demais ministros, levarão a contento o pleito eleitoral

  • TRE-MS nomeia novo Ouvidor Eleitoral

    Elton Nasser, que encerrou no dia 23 de agosto. O Juiz Geraldo de Almeida Santiago tomou posse no Tribunal no dia 03 de julho deste ano em função da promoção do Juiz Marcelo Câmara Rasslan, nomeado Desembargador do Tribunal de

Comentários estão encerrados.

STJ elege novos membros do TSE e do CJF

13/12/2012

O Superior Tribunal de Justiça elegeu, nesta quarta-feira (12/12), o ministro Arnaldo Esteves Lima para a vaga de ministro substituto do Tribunal Superior Eleitoral. O ministro assumirá a vaga deixada pelo ministro Teori Albino Zavascki, que tomou posse no Supremo Tribunal Federal no dia 29 de novembro. A eleição se deu por aclamação.

A composição do TSE é determinada pelo artigo 119 da Constituição Federal. O tribunal é composto por sete magistrados, dos quais dois são oriundos do STJ.

Na mesma ocasião, o Pleno elegeu os ministros Arnaldo Esteves Lima, Maria Thereza de Assis Moura e Herman Benjamin como membros efetivo e suplentes, respectivamente, do Conselho da Justiça Federal, órgão que supervisiona a Justiça Federal de primeira e segunda instância nos aspectos orçamentário e administrativo.

A eleição se deu em razão da ida do ministro Teori Zavascki para o STF e da aposentadoria do ministro Massami Uyeda, que completou 70 anos no último dia 22 de novembro e se aposentou compulsoriamente.

O CJF tem em sua composição cinco ministros do STJ: o presidente, ministro Felix Fischer, o vice, ministro Gilson Dipp (afastado por problemas de saúde), e outros três membros efetivos, sendo um destes o corregedor-geral da Justiça Federal (atualmente, o ministro João Otávio de Noronha). Há ainda três suplentes.

Fonte: Superior Tribunal de Justiça



Mais Notícias em Conselho Federal da Justiça Federal



  • Liberadas três candidaturas, mas Feijó continua impedido

    Rodrigues Pereira (PPL) e a deputado estadual de Alexei Kossyguim Cavalcante de Melo (PCdoB) foram aprovadas na sessão desta segunda-feira (1º). Foram barrados documentação incompleta e recorreram ao plenário do Tribunal Regional Eleitoral por meio de embargos de declaração, corrigindo

  • Comissão do Idoso promove campanha no Fórum Clóvis Beviláqua

    parados há mais de cinco anos”. O vice-presidente da OAB-CE, Ricardo Bacelar, salientou que a campanha é de extrema importância, “uma vez que chama a atenção da comunidade jurídica sobre a prioridade legal do idoso. Essa ação repercutirá para a

  • Roberto Barroso toma posse como ministro substituto no TSE

    muito prazer e muita honra de estar aqui no Tribunal Superior Eleitoral, e vou me juntar a pessoas a quem quero bem e admiro”, disse o ministro Luís Roberto Barroso, ao final da solenidade de sua posse. Segundo ele, o

  • Autoridades comentam posse de novos corregedor-geral eleitoral e ministra titular

    é – vai dar um grande impulso a ideias novas que, seguramente, ele vai trazer para sua gestão na Corregedoria-Geral Eleitoral.” Humberto Martins, ministro do Superior Tribunal de Justiça “É uma alegria muito grande comparecer à festividade de posse

Comentários estão encerrados.

Previous post:

Next post: