Reajuste de 6,86% nos Pisos Salariais Entra em Pauta

30/03/2011

A Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) votará, nesta quarta-feira (30/03), em discussão única, o projeto de lei 189/11, do Poder Executivo, que reajusta em 6,8627% os valores atualmente em vigor como pisos salariais de diversas categorias no estado. Abaixo, a lista com os valores reajustados seguindo esse índice e as carreiras relacionadas. Segundo o texto, só ficam excetuados desses valores os empregados que tem piso salarial definido em lei federal, convenção ou acordo coletivo.

I – R$ 591,28 – Para os trabalhadores agropecuários e florestais;
II – R$ 621,81 – Para empregados domésticos, serventes, trabalhadores de serviços de conservação, manutenção, empresas comerciais, industriais, áreas verdes e logradouros públicos, não especializados, contínuo e mensageiro, auxiliar de serviços gerais e de escritório, empregados do comércio não especializados, auxiliares de garçom e barboy;
III – R$ 644,71 – Para classificadores de correspondências e carteiros, trabalhadores em serviços administrativos, cozinheiros, operadores de caixa, inclusive de supermercados, lavadeiras e tintureiros, barbeiros, cabeleireiros, manicures e pedicures, operadores de máquinas e implementos de agricultura, pecuária e exploração florestal, trabalhadores de tratamento de madeira, de fabricação de papel e papelão, fiandeiros, tecelões e tingidores, trabalhadores de curtimento, trabalhadores de preparação de alimentos e bebidas, trabalhadores de costura e estofadores, trabalhadores de fabricação de calçados e artefatos de couro, vidreiros e ceramistas, confeccionadores de produtos de papel e papelão, dedetizadores, pescadores, vendedores, trabalhadores dos serviços de higiene e saúde, trabalhadores de serviços de proteção e segurança, trabalhadores de serviços de turismo e hospedagem, moto-boys;
IV – R$ 667,60 – Para trabalhadores da construção civil, despachantes, fiscais, cobradores de transporte coletivo (exceto cobradores de transporte ferroviário), trabalhadores de minas, pedreiras e contadores, pintores, cortadores, polidores e gravadores de pedras, pedreiros, trabalhadores de fabricação de produtos de borracha e plástico, e garçons;
V – R$ 690,46 – Para administradores, capatazes de explorações agropecuárias, florestais, trabalhadores de usinagem de metais, encanadores, soldadores, chapeadores, caldeireiros, montadores de estruturas metálicas, trabalhadores de artes gráficas, condutores de veículos de transportes, trabalhadores de confecção de instrumentos musicais, produtos de vime e similares, trabalhadores de derivados de minerais não metálicos, trabalhadores de movimentação e manipulação de mercadorias e materiais, operadores de máquinas da construção civil e mineração, telegrafistas e barman, trabalhadores de edifícios e condomínios, atendentes de consultório, clínica médica e serviço hospitalar;
VI – R$ 711,45 – Para trabalhadores de serviços de contabilidade e caixas, operadores de máquinas de processamento automático de dados, secretários, datilógrafos e estenógrafos, chefes de serviços de transportes e comunicações, telefonistas e operadores de telefone e de telemarketing, teleatendentes, teleoperadores nível 1 a 10, operadores de call center, atendentes de cadastro, representantes de serviços empresariais, agentes de marketing, agentes de cobrança, agentes de venda, atendentes de call center, auxiliares técnicos de telecom nível 1 a 3, operadores de suporte CNS, representantes de serviços 103, atendentes de retenção, operadores de atendimento nível 1 a 3, representantes de serviços, assistentes de serviços nível 1 a 3, telemarketing ativos e receptivos, trabalhadores da rede de energia e telecomunicações, supervisores de compras e de vendas, compradores, agentes técnicos de venda e representantes comerciais, mordomos e governantas, trabalhadores de serventia e comissários (nos serviços de transporte de passageiros), agentes de mestria, mestre, contramestres, supervisor de produção e manutenção industrial, trabalhadores metalúrgicos e siderúrgicos, operadores de instalações de processamento químico, trabalhadores de tratamentos de fumo e de fabricação de charutos e cigarros, operadores de estação de rádio, televisão e de equipamentos de sonorização e de projeção cinematográfica, operadores de máquinas fixas e de equipamentos similares, sommeliers e maitres de hotel, ajustadores mecânicos, montadores e mecânicos de máquinas, veículos e instrumento de precisão, eletricistas, eletrônicos, joalheiros e ourives, marceneiros e operadores de máquinas de lavrar madeira, supervisores de produção e manutenção industrial, frentistas e lubrificadores, bombeiros civis e auxiliar de enfermagem; telefonistas e operadores de telefone e de telemarketing, teleoperadores nível 1 a 10, operadores de call center, atendentes de cadastro, representantes de serviços empresariais, agentes de marketing, agentes de cobrança, agentes de venda, atendentes de call center, auxiliares técnicos de telecom nível 1 a 3, operadores de suporte CNS, representantes de serviços 103, atendentes de retenção, operadores de atendimento nível 1 a 3, representantes de serviços, assistentes de serviços nível 1 a 3, telemarketing ativos e receptivos, cuja jornada de trabalho seja de 06 (seis) horas diárias ou 180 (cento e oitenta) horas mensais.
VII – R$ 836,66 – Para trabalhadores de serviço de contabilidade de nível técnico e técnico em enfermagem;
VIII – R$ 1.155,76 – Para os professores de Ensino Fundamental (1º ao 5º ano), com regime de 40 (quarenta) horas semanais e técnicos de eletrônica e telecomunicações;
IX – R$ 1.586,46 – Para administradores de empresas, arquivistas de nível superior, advogados e contadores empregados.



Mais Notícias em AL-RJ



  • OFICINAS DEVERÃO SE DESFAZER DE SUCATAS EM ATÉ 30 DIAS

    recolhimento e disposição final das peças também deverá ser acompanhado e fiscalizado pelo estado. Os custos dessas operações ficarão a cargo dos prestadores de serviços e estabelecimentos que efetivaram o reparo no veículo com substituição de peças. “A ideia do

  • SETOR DE RECICLAGEM TERÁ BENEFÍCIOS FISCAIS

    dos produtos e só pode ser aplicado sobre a parcela do ICMS próprio devido pela empresa. “Em 2003, o Poder Executivo sancionou esta Lei visando atrair para o estado investimentos de empresas do setor, propiciando o adequado aproveitamento do

  • PROGRAMA TCE-RJ NOTÍCIA ABORDA PROJETO MOMENTO CULTURAL

    sobre filosofia, sempre abertos ao público, concursos entre os servidores, como o de fotografia. Mônica fala sobre o Coral TCE-RJ, que ganhou maturidade ao longo de seus 14 anos de existência e hoje faz apresentações externas, a convite, em diversas

  • PROJETO NORMATIZA A CRIAÇÃO DE PÁSSAROS NO ESTADO

    fauna silvestre nativa do estado, que passa a ser de responsabilidade do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), sem prejuízo da competência do Ibama. O texto votado trata de todas as etapas relativas à criação, reprodução, comercialização, manutenção, treinamento, exposição, transporte,

  • MARCHINHAS E BLOCOS DE RUA SÃO DECLARADOS PATRIMÔNIO IMATERIAL

    do Rio de Janeiro o samba, as marchinhas e os blocos carnavalescos de Rua. É o que diz a Lei 6.869/14, de autoria da deputada Inês Pandeló (PT) e publicada no Diário Oficial do Executivo desta quinta-feira (28/08). A norma

{ 1 Comentário }

Elisabete Santos julho 7, 2011 às 18:43

Boa noite gostaria que vcs me mandase o pisosalarial de auxiliar de cabeleireiro atual 2011
grata

Os comentários às matérias e artigos aqui publicados não são de responsabilidade do JusClip nem refletem a opinião do site.

Comentários estão encerrados.

Previous post:

Next post: