Novos cursos do Paula Souza em Junqueirópolis e Ibirarema

30/03/2011

Com apoio de Mauro Bragato (PSDB) os municípios de Junqueirópolis e Ibirarema conquistaram novos cursos técnicos do Centro Paula Souza. Com duração de 18 meses, cada curso oferece 40 vagas gratuitas direcionadas para jovens e adultos. “São cursos de ótima qualidade e voltados para áreas em que há procura por profissionais no mercado”, afirma Bragato.
O deputado agendou audiência e acompanhou no Centro Paula Souza o prefeito de Junqueirópolis, Osmar Pinatto, e o presidente da Câmara de Ibirarema, Thiago Briganó, que receberam a confirmação dos cursos.
Em Junqueirópolis, o convênio é para os cursos técnicos de administração e segurança do trabalho. Segundo o prefeito, no município já funcionam dois cursos do Paula Souza, técnicos em açúcar e álcool e Informática.
Para Ibirarema, segundo o presidente da Câmara, o Centro Paula Souza ofereceu duas opções para implantação de um curso: técnico em informática ou administração. “Com o apoio do deputado, fomos contemplados com 40 novas vagas”, informa Briganó, explicando que a Secretaria da Educação do município irá definir qual curso irá funcionar no local conforme critérios de procura e a necessidade do mercado. A classe descentralizada em Ibirarema estará vinculada à Etec de Ourinhos.

mbragato@al.sp.gov.br



Mais Notícias em AL-SP



  • Assista on-line à sessão plenária do TSE desta terça-feira (21)

    quintas-feiras, o site do TSE publica o “Informativo TSE”, com os resumos não oficiais de decisões do Tribunal ainda não publicadas e acórdãos já publicados no Diário da Justiça Eletrônico do Tribunal Superior Eleitoral (DJE). Acompanhe também as decisões do

  • Aprovado envio de força federal para municípios do Ceará

    para garantir a normalidade do segundo turno das eleições gerais na capital cearense, Fortaleza, e em mais quatro municípios do estado do Ceará: Maranguape, Pacatuba, Caucaia e Maracanaú. O pedido de requisição de força federal foi relatado pelo ministro João

  • TSE aprova novas regras para o exercício do direito de resposta

    veículo de comunicação social”.Por sua vez, o parágrafo 4º diz que “se a ofensa ocorrer em dia e hora que inviabilizem sua reparação dentro dos prazos estabelecidos nos parágrafos anteriores, a resposta será divulgada nos horários que a Justiça Eleitoral

Comentários estão encerrados.

Previous post:

Next post: