Novos cursos do Paula Souza em Junqueirópolis e Ibirarema

30/03/2011

Com apoio de Mauro Bragato (PSDB) os municípios de Junqueirópolis e Ibirarema conquistaram novos cursos técnicos do Centro Paula Souza. Com duração de 18 meses, cada curso oferece 40 vagas gratuitas direcionadas para jovens e adultos. “São cursos de ótima qualidade e voltados para áreas em que há procura por profissionais no mercado”, afirma Bragato.
O deputado agendou audiência e acompanhou no Centro Paula Souza o prefeito de Junqueirópolis, Osmar Pinatto, e o presidente da Câmara de Ibirarema, Thiago Briganó, que receberam a confirmação dos cursos.
Em Junqueirópolis, o convênio é para os cursos técnicos de administração e segurança do trabalho. Segundo o prefeito, no município já funcionam dois cursos do Paula Souza, técnicos em açúcar e álcool e Informática.
Para Ibirarema, segundo o presidente da Câmara, o Centro Paula Souza ofereceu duas opções para implantação de um curso: técnico em informática ou administração. “Com o apoio do deputado, fomos contemplados com 40 novas vagas”, informa Briganó, explicando que a Secretaria da Educação do município irá definir qual curso irá funcionar no local conforme critérios de procura e a necessidade do mercado. A classe descentralizada em Ibirarema estará vinculada à Etec de Ourinhos.

mbragato@al.sp.gov.br



Mais Notícias em AL-SP



  • Olimpíada melhora o desempenho de estudantes

    é concebida de forma que se possa responder às perguntas sem conhecimento formal. É exigido raciocínio lógico e criatividade”, detalha, apontando esses requisitos como importantes para um bom desempenho também em outras avaliações.     No ensino fundamental, o impacto

  • Treinamento de mesários inicia hoje em Cuiabá

    auditório da Casa da Democracia, que fica anexa à sede do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT), na Avenida Historiador Rubens de Mendonça. O chefe de cartório da 37ª ZE de Cuiabá, Antônio Henrique Boaventura, destaca a importância dos

  • TJ implanta serviço que permite acesso remoto a sistemas corporativos

    nos processos sem necessariamente estarem no Tribunal. Inicialmente, o serviço será utilizado por juízes em exercício nas seguintes serventias eletrônicas: varas cíveis da Comarca da Capital (Foro Central), de Niterói, de São Gonçalo e de Maricá;  nos Foros Regionais

Comentários estão encerrados.

Previous post:

Next post: