Nova lei impede cobrança de couvert artístico sem aviso

30/01/2012

Capa: Divulgação

Muitas casas noturnas, como bares, lanchonetes e restaurantes, com a intenção de aumentar a clientela e oferecer maior diversão, incluem em seus serviços apresentações artísticas e passam a cobrar couvert sem aviso prévio. Essa prática está com os dias contados por conta da Lei nº 9.784, sancionada no último dia 18 pelo governador Renato Casagrande (PSB).

Em defesa dos direitos do consumidor, a deputada Lúcia Dornellas (PT), autora da iniciativa, ao apresentar a matéria na Assembleia Legislativa (Ales), exigiu que os comerciantes avisem aos clientes, por meio de cartazes em locais visíveis, sobre a cobrança da taxa.

Lúcia Dornellas

“A norma vai garantir melhor atendimento aos consumidores, visto que muitos estabelecimentos desrespeitam a lei e submetem clientes a situações de constrangimento e desconforto”, argumenta a deputada.

Couvert artístico é uma taxa cobrada do cliente pela música ou apresentações ao vivo de qualquer natureza cultural, valor que é repassado integral ou parcialmente ao músico ou artista, dependendo do acordo feito com o estabelecimento.

Daniella Sanz Ramos/Web Ales

 



Mais Notícias em AL-ES



  • Mantida multa a Arnaldo Vianna por propaganda ilegal em 2012

    dos Goytacazes) que havia multado em R$ 10 mil o ex-prefeito e ex-deputado federal Arnaldo França Vianna (PDT) por propaganda antecipada nas eleições municipais de 2012. A Corte entendeu que "a mensagem divulgada extrapola os limites da propaganda partidária, configurando

  • Esporte e cultura movimentam o Parque da Cidade

    a família passear e de repente encontrar uma programação rica com música instrumental num espaço tão agradável como o Parque da Cidade. Seu marido, o engenheiro civil Esdras Gabriel Peréia, 37 anos, acrescenta: "Para a gente que admira muito cultura

  • Procon-DF convoca empresas de telefonia

    móvel e 2.204 de telefonia fixa. Entre os principais problemas estão cobrança indevida, dúvida sobre cobrança, rescisão de contrato, serviço não fornecido (entrega, instalação, não cumprimento de oferta, contrato) e SAC – cancelamento de serviço.   Após comparecerem ao Procon-DF

Comentários estão encerrados.

Previous post:

Next post: