Calor aumenta lucro de empresa financiada pela Fomento Paraná

31/01/2014

O calor quase insuportável para a maioria dos paranaenses neste período de verão está fazendo a alegria de uma pequena empresa familiar instalada no litoral paranaense. “Chegamos a envasar quase 400 mil litros de água mineral em um mês”, comemora a empreendedora Maria Elena Marcondes Loureiro, sócia da Água Mineral Serra da Graciosa, em Morretes.

O empreendimento, que completa dez anos, recebeu apoio do Governo do Paraná, por meio do Programa Estadual de Recuperação Econômica do Litoral, lançado em 2011, para ajudar a recuperar a infraestrutura dos municípios e reestabelecer a atividade econômica na região após as enchentes que provocaram grandes prejuízos no Litoral. Na época, a Fomento Paraná abriu uma linha de crédito com juros subsidiados para apoiar os empreendedores locais que foram afetados.

“A chuva levou pontes, destruiu nossa estrada de acesso e chegou a meio metro na fábrica”, lembra a empreendedora, que passou meses com dificuldades para fazer a distribuição de produtos pela rodovia PR-408, onde uma ponte foi destruída pela água. “A linha de crédito da Fomento Paraná foi determinante para nossa recuperação e de todo o litoral paranaense”, conta Cristiano Loureiro, filho de Maria Elena e sócio da empresa.

Com o financiamento, os empreendedores reformaram o acesso à empresa e aproveitaram para adquirir máquinas mais modernas para envase. “Os financiamentos bancários têm juros muito altos, mas a linha de crédito da Fomento teve um custo mais acessível. Por isso, automatizamos e melhoramos a linha de produção também”, completa Loureiro.

A empresa surgiu nos anos 90, em uma chácara que a família mantinha em Morretes apenas para lazer. Atualmente a Água Mineral Serra da Graciosa possui três poços artesianos, cada um com mais de 200 metros de profundidade. O processo de extração de água mineral é totalmente automatizado, com bombas e tubulação em aço inoxidável. A indústria emprega 35 pessoas e possui logística própria para competir até com multinacionais nesse segmento.

A estrutura de produção fornece água mineral para Curitiba, Região Metropolitana e Litoral do estado. E por meio de distribuidores e clientes os produtos chegam a Joinville, Camboriú (SC) e São Paulo, sendo vendidos também pela internet. “Soubemos que tem água mineral de nossa fonte até em Minas Gerais e Goiás, revendida por nossos clientes”, diz a empreendedora.

“Hoje somos a única empresa do ramo no Paraná que faz esterilização final do produto com ultravioleta. Temos laboratório próprio para monitorar a qualidade e ainda encaminhamos para análise periódica em laboratórios credenciados pelo Inmetro. Tudo para garantir a qualidade e pureza de nossa água”, enfatiza Maria Elena. “Nosso plano é crescer mais”, prevê a empreendedora. A empresa possui também a linha de chás Shantea.

CRÉDITO — Nos últimos três anos, a Fomento Paraná firmou 7.758 contratos de financiamento para apoiar empreendedores de micro, pequeno e médio porte. As operações somam R$ 359 milhões.

“É uma soma significativa em recurso novo, que entra na economia dos municípios e ajuda as empresas a se modernizar, aumentar a produção e especialmente garantir empregos e renda, o que se reverte em melhoria da arrecadação para subsidiar outras políticas públicas para beneficiar o cidadão”, afirma Juraci Barbosa, presidente da Fomento Paraná.

“O sucesso dessa empresa de água mineral que apoiamos em Morretes é motivo de muito orgulho para a Fomento Paraná. Da mesma forma o apoio que estamos levando a milhares de empresas em todas as regiões do estado. Nossas portas estão abertas.”

Saiba mais sobre o trabalho do governo do Estado em: http:///www.facebook.com/governopr e www.pr.gov.br



Mais Notícias em Governo-PR



  • Professora recebe título de Cidadã Honorária

    solenidade acontece a partir das 19h no plenário da Casa, sob a presidência do autor da homenagem, deputado Chico Vigilante (PT). Natural de Marabá (PA), a homenageada chegou a Brasília em 1962, junto com a família. Residiu e estudou

  • Prazo de prestação de contas se encerra nesta terça-feira (2)

    apresentação da primeira parcial à Justiça Eleitoral foi de 28 de julho a 2 de agosto. O prazo da segunda parcial começou na última quinta-feira (28). Clique aqui para conferir a prestação de conta do seu candidato.

  • Subseções de Várzea Grande e Tangará realizam OAB/MT Cidadania

    e Tangará da Serra. Ambas já realizaram a circulação do OAB/MT 80 anos no ano passado. Diante do sucesso de público e dos resultados positivos, as respectivas diretorias decidiram repetir o evento, que consiste em promover um dia de prestação

  • Vital do Rêgo admite prorrogação da CPI Mista da Petrobras

    mista de inquérito, deputado Marco Maia (PT-RS) também defendeu a continuidade dos trabalhados por mais um tempo. Além disso, ele observou que apesar da falta de quórum, as atividades internas continuam com o exame da documentação já recebida. - Estamos

Comentários estão encerrados.

Previous post:

Next post: