Cadastro da Alerj é Usado em Sorteio do Minha Casa, Minha Vida

16/05/2011

Angelina Alves Aragão, de 68 anos, paga R$ 300 pelo aluguel de uma casa de dois cômodos, onde vive com o marido e a sogra. A mágoa de não contar com uma casa própria chegou ao fim neste sábado (14/05), após ter sido uma das 500 pessoas sorteadas pela Prefeitura de Queimados para ser proprietária de um imóvel do programa federal Minha Casa, Minha Vida. “Nada tinha de meu, a não ser os móveis da minha casa”, falou Angelina, escolhida entre os mais de 7 mil candidatos que participaram do sorteio. Entre estes nomes estavam os de 500 pessoas que se cadastraram no programa através da van da Comissão de Política Urbana e Habitação da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj). “Ao logo do ano passado, a unidade móvel da comissão conseguiu registrar mais de 55 mil nomes para o Minha Casa, Minha Vida. Deste total, 500 eram de Queimados, e a Prefeitura nos solicitou que disponibilizássemos este cadastro para a seleção. Ficamos felizes em saber que o trabalho do Parlamento ajudará a algumas destas pessoas a conseguirem sua casa própria”, afirmou o presidente do colegiado, deputado Alessandro Calazans (PMN), que pretende realizar um encontro entre os secretários municipais das 92 cidades do estado a fim de tirar dúvidas e apresentar sugestões de políticas habitacionais para todo o território fluminense.

Secretário de Estado de Habitação, Leonardo Picciani afirmou que a cidade de Queimados foi a primeira do estado a promover o sorteio entre famílias com até R$ 1.395 de renda mensal. “É um marco, e a Assembleia teve um papel fundamental neste processo”, apontou. De acordo com o prefeito de Queimados, Max Lemos, o sorteio foi possível porque a Prefeitura disponibilizou os terrenos que estão sendo utilizados para a construção das unidades, o que reduziu o custo do empreendimento. Já foram entregues 1.000 apartamentos, além dos 500 sorteados neste sábado. “A partir daí vamos entrar numa outra fase do programa, que é a de construção de casas. Nossa meta é alcançar um total de 3.500 novas moradias, o que reduzirá o déficit habitacional de Queimados à metade”, acrescentou, explicando que os imóveis são compostos de sala, dois quartos, cozinha e banheiro e medem 41 metros quadrados.

Das 500 unidades habitacionais sorteadas, 10% eram destinadas a idosos e 5% para portadores de deficiência – estes ocuparão imóveis projetados com acessibilidade total. Além deste público, o objetivo era, também, de atender à população moradora de áreas com risco de enchentes ou deslizamentos. É o caso de Marcelo Correa Amaral, de 44 anos. Auxiliar de Serviços Gerais, ele mora com a mulher e dois filhos de favor, na casa da comadre. Sua casa ficava num terreno que desmoronou após fortes chuvas. “Sem o programa eu não teria como comprar uma casa”, afirmou.

A Prefeitura de Queimados pretende, ainda, realizar mais dois sorteios, desta vez para o condomínio de casas que está sendo construído no município – e continuará a usar, em sua base de dados, os coletados pela Assembleia. Os nomes escolhidos neste sábado estarão disponíveis para consulta, a partir de segunda feira (16/05), no prédio da Prefeitura do município e na Secretaria de Habitação e Obras da cidade. A administração municipal disponibilizará um prazo de dois dias para a interposição de recursos, e os sorteados terão cinco dias para apresentar a documentação. Esteve no evento, ainda, o deputado Zaqueu Teixeira (PT).



Mais Notícias em AL-RJ



  • OPERADORAS TERÃO QUE TRANSFERIR MINUTOS NÃO UTILIZADOS

    texto não prevê qualquer penalidade em função do seu descumprimento. O projeto aprimora e amarrada essas necessidades”, alega o autor da proposta, deputado Zaqueu Teixeira (PT). O projeto segue para o governador Luiz Fernando Pezão, que terá 15 dias úteis

  • HOSPITAIS TERÃO QUE EXIGIR CERTIDÃO PARA DAR ALTA A BEBÊS

    maternidades e hospitais, públicos e privados, passem a exigir tal documentação na hora de liberar a saída do bebê. A autorização da saída, por sua vez, só se dará mediante comprovação de que a criança está acompanhada do responsável legal,

  • APROVADO PROJETO QUE ALTERA COBRANÇA DE TAXA COMPLEMENTAR JURÍDICA

    Leila Mariano. “Hoje, por conta de pequenas taxas que não são pagas, há um grande volume de processos que ficam inviabilizados. Com essa lei aprovada, esses processos serão arquivados definitivamente. Isso acelera o processo judicial, além de conseguir mais espaço

  • DEFICIENTES TERÃO PRIORIDADE EM VAGAS ESCOLARES

    que esse segmento da sociedade já possui muita dificuldade, como meio de transporte, e, portanto, precisa ter a matrícula em escola próxima garantida. “Se a família não tiver carro próprio e se eles não puderem andar de ônibus, vão ficar

  • CUIDADORES DE IDOSOS TERÃO QUE TER QUALIFICAÇÃO

    estado em parceria com entidades de formação profissional. O texto também define as tarefas incluídas no trabalho de um cuidador, como o auxilio em tarefas cotidianas, como banho e alimentação, auxilio nas atividades físicas e controle da medicação. “Muitas vezes,

{ 3 Comentário }

wilson silva martins maio 27, 2011 às 10:21

fiz meu cadastro a cerca de dois anos sou deficiente fisico moro num morro e meu medico diz que o esforço fisico acelera o processo degnerativo sou aperado da coluna lombar e tenho artrose por fafor me de uma resposta estive na assembléia e fui imformado que meu registro está na prefeitura estive lá e nonstava quero uma solução por favor

Os comentários às matérias e artigos aqui publicados não são de responsabilidade do JusClip nem refletem a opinião do site.

wilson silva martins maio 27, 2011 às 10:22

fiz meu cadastro a cerca de dois anos sou deficiente fisico moro num morro e meu medico diz que o esforço fisico acelera o processo degnerativo sou aperado da coluna lombar e tenho artrose por favor me de uma resposta estive na assembléia e fui imformado que meu registro está na prefeitura estive lá e nonstava quero uma solução por favor

Os comentários às matérias e artigos aqui publicados não são de responsabilidade do JusClip nem refletem a opinião do site.

Vilma Lopes da Silva. junho 17, 2011 às 13:15

Oi sou deficiente visual,cardiopata ,hipertensa e tenho probléma respiratorio fui incluida no sorteio minha casa minha vida do dia 08 de junho de 2011 mais até hoje não obtive resposta, fui a prefeitura de nova iguaçu onde me escrevi e lá o funcionario me disse que esse sorteio foi só para os desabrigados do rio . Ai eu pergunto e eu que crio dois netos e sou idosa e deficiente o que que eu faço invado area de risco e perco minha familía para te direito a uma casa do projeto minha casa minha vida . Espero resposta de Vs. Atenciosamente .Vilma Lopes da Silva.

Os comentários às matérias e artigos aqui publicados não são de responsabilidade do JusClip nem refletem a opinião do site.

Comentários estão encerrados.

Previous post:

Next post: